segunda-feira, setembro 26, 2016

Perspectiva.

textos marcela miranda

Entrei e sentei ao lado daquele pequeno corpo que se encolhia na cama. Vi ali a chance de observar cada um de seus traços.

Sua testa era mais pequena do que eu imaginava, suas longas e negras sobrancelhas desgrenhadas faziam um belo contorno em seu cenho. Analisei atentamente cada constelação de ansiedade que habitava em seu rosto, cada ponto vermelho tinha uma razão. Sua boca pequena estava serrada e pude perceber a irritação em seus lábios miúdos, mas que pareciam inofensivos.
Então lentamente seus olhos foram se abrindo, infelizmente minha respiração deve ter batido em seus cabelos e despertado-a de seu sono.
Seu olhar, ao contrário do que eu havia imaginado, era aflito. Consegui ler a insegurança, tristeza e a fragilidade em cada nuance de seus olhos. Pude captar que ali habitava alguém tão pequena que tive medo de desperta-la para a realidade.
Comecei a acariciar seu cabelo até que ela pegasse no sono outra vez. E sai lentamente.
Achei melhor que ela continuasse sonhando.
...

Deitei para me isolar de todos pensamentos e ali acabei dormindo por longas horas. 

Despertei com pequenos jatos de ar tocando minha testa e percebo, através das minhas pálpebras fechadas, que alguém me observava a dormir. Abri os olhos.
 Alguém a minha frente analisava cada centímetro do meu rosto, como se quisesse explorar quem eu era.
Seus olhos corriam pelas minhas sobrancelhas escuras e mal feitas, minha boca serrada e todas aquelas cicatrizes e manchas em meu rosto - aposto que terá enxergado cada veia que traçava por baixo da minha pele.
Seu olhar trazia alegria, esperança e uma grande fé em si mesmo. 
Foi então que levemente sua mão foi acariciando meu cabelo na tentativa de me fazer dormir, talvez para que eu pensasse que aquilo não passava de um sonho - meus olhos entregaram o tipo de problema eu era. Fechei minhas pálpebras e fingi cair no sono lentamente.

Cada um sabe o amargo que traz na língua.

Espero que tenham gostado de mais um dos meus devaneios.
Um beijo 💖
Me acompanhem na redes sociais:

25 comentários:

  1. Ficou maravilhoso, Ma. Seu texto me fez pensar em pessoas especiais, fiquei até arrepiada, sou apaixonadas por coisas assim ♥
    com amor, Bru
    Mania de Bruna

    ResponderExcluir
  2. Ma eu certamente enxergaria na perspectiva negativa assim como ela, a moça insegura
    tristes e lindas palavras

    ResponderExcluir
  3. Eu gostei! Já estou seguindo seu blog.


    http://oplanetaalternativo.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Muito legal os textos.. e tao interessante ver as diferentes perspectivas. Otimo texto. Bjs

    www.deboradahl.com

    ResponderExcluir
  5. Adorei poder ler os dois lados da mesma cena! Muito criativo e cativante!

    Um beijo,
    Foca no Glitter

    ResponderExcluir
  6. Que texto mais lindo! Achei super criativo você ter visto dois lados diferentes em um mesmo lugar.. ❤

    www.kailagarcia.com

    ResponderExcluir
  7. Adorei
    Muito obrigada pela visita volta sempre adorei
    Beijinhos
    CantinhoDaSofia /Facebook /Intagram
    Tem post novos todos os dias

    ResponderExcluir
  8. Ma, sabe quando tu não tem palavras pra descrever o tanto de emoções que sentiu ao ler algo? Então, prazer EU nesse momento...


    Beijos,
    Blog Gaby DahmerFanpageInstagramTwitter

    ResponderExcluir
  9. Ai, que devaneio incrível, mostrando duas visões de uma só vez. Amei, Marcela, posta muitos devaneios por aqui, ficou incrível <3

    Beijos,

    www.rodoviadezenove.com.br

    ResponderExcluir
  10. Marcela, sério que texto bonito, insegurança é um negócio complicado. Você se enxerga de uma forma ruim e pensa que as pessoas também te enxergam dessa forma.
    Beijos! <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Foi exatamente o que eu quis transmitir com esse texto Cami.
      Fico tão feliz que tenha gostado <3

      Excluir
  11. Gostei do seu texto. Bem criativo a perspectiva diferente de duas pessoas, vivendo a mesma situação. Bjus!

    galerafashion.com

    ResponderExcluir
  12. Um pouco triste, mas de fato profundo. Sua escrita é ótima, está de parabéns com o texto :)
    blogperdidanasestrelas.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  13. Amei o texto. Já pensei isso! Nós nos sentimos inseguros, mas a outra pessoa não está nem ai para o que nós consideramos defeitos.


    ✯ Instagram ✯✯ Blog Diamante Turquesa ✯✯ Fan Page ✯

    ResponderExcluir
  14. Nossa que verdadeira visão...
    Sempresaudavel.blogspot.com

    ResponderExcluir
  15. Amei o texto trouxe uma visao super verdadeira da insegurança....
    Sempresaudavel.blogspot.com

    ResponderExcluir
  16. Que lindo,as vezes penso se as pessoas ao meu redor, me veem como eu me vejo, meio confuso e assustador isso não?
    Beijinhos ;*
    Blog Menina Caprichosa | Canal Youtube | Facebook | Insta

    ResponderExcluir
  17. Que lindooo!
    A visão de duas pessoas em um único momento, belíssimo Marcela :)

    https://heyimwiththeband.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  18. Cada um se enxerga de uma maneira diferente né? Tem aqueles que se enxergam como os melhores e na verdade não são nada, e tem aqueles que se enxergam como os piores e na verdade são tudo né? Adorei o texto!

    Beijos!
    www.likeparadise.com.br

    ResponderExcluir
  19. Olá Marcela,

    Parabéns! você escreve muito bem.. :)

    Um beijo,

    www.purestyle.com.br

    ResponderExcluir
  20. Adorei o texto, muito bom ler os dois lados!
    Beijos
    Bluebell Bee

    ResponderExcluir
  21. Muito bom esse texto, insegurança é muito complicado.

    Beijos
    https://pimentasdeacucar.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  22. Gostamos do texto, muito bonito, intenso e emocionante. Insegurança é algo muito ruim e complicado, pois na maioria das vezes nos imaginamos de um jeito e achamos que todo mundo vai achar da mesma forma que a gente e na maioria das vezes são coisas que criamos na nossa cabeça !!

    beijos

    http://onlyinspirations.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário!